Política

À deriva

[À deriva]
13 de Outubro de 2010 às 18:45 Por: Daniel Pinto
A sessão desta quarta-feira (13) na Câmara Municipal serviu para comprovar que a base de sustentação do governo João Henrique está fora de sintonia. Enquanto se discutia a votação do abono para os agentes de endemias, os vereadores da situação, aos poucos, começaram a abandonar o plenário. A manobra foi percebida pelos funcionários municipais que cobraram empenho na aprovação do projeto. 
 
Acuado, o líder do Thomé de Souza, Pedro Godinho (PMDB), quis atrelar a aprovação do abono à apreciação da LDO. O primeiro a reagir foi Odisovaldo Vigas (PDT), membro da base de sustentação. “Não se pode prolongar o sofrimento dessa gente. Não podemos associar direitos trabalhistas à Lei de Diretrizes Orçamentárias”, protestou. A oposição também se mobilizou e reforçou o coro dos agentes de saúde que pedia a imediata aprovação da mensagem 016/2010
 
No meio das discussões, quando havia o risco iminente da queda do quórum, o vereador Téo Senna (PTC), outro do “time” de João Henrique, solicitou de forma verbal à Mesa Diretora que o projeto fosse votado em regime de urgência. “A matéria não é do governo? Então, vamos votar logo”, observou o parlamentar em conversa com o Bocão News. 
 
Sem “cartas na manga”, coube ao líder Pedro Godinho disparar telefonemas para que os demais integrantes do bloco voltassem ao plenário. Logo em seguida, após a reunião dos dispersos, foi travada nova negociação para votar a LDO. Entretanto, a medida não teve êxito. O projeto do abono foi aprovado por unanimidade e aos governistas restou apenas o compromisso de votar a Lei de Diretrizes Orçamentárias na próxima segunda, dia 18. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar