Política

Empate técnico

[Empate técnico]
14 de Outubro de 2010 às 12:34 Por: Redação Bocão News

Levantamento do Instituto Sensus, encomendado pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), divulgado nesta quinta-feira, 14, aponta um empate técnico entre os candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), com 46,8%  das intenções de voto, e José Serra (PSDB), com  42,7%.

Como a margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos - considerando-se apenas os votos válidos, ou seja, excluídos os brancos, nulos e indecisos - Dilma aparece com 52,3% e Serra com 47,7% das intenções. 
 
A consulta, que foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número 35.560/2010, ouviu 2 mil pessoas em 136 municípios das cinco regiões nos dias 11 a 13 de outubro.

Segundo os dados coletados pelo Instituto Sensus, aumentou a rejeição a Dilma, que passou de 32,6% registrados no levantamento de setembro, para de 35,4%. Já a rejeição a Serra apresenta uma leve queda. De 40,2% do levantamento enterior, passou para 37,5%. Apesar disso, é maior o número de eleitores que aposta na vitória de Dilma, segundo a pesquisa. Para 59,6% dos entrevistados a petista vencerá a eleição, enquanto 29% acreditam no triunfo de Serra.

A pesquisa revela, ainda, que a candidata petista continua liderando as intenções de votos no Nordeste, onde 60,7% dos entrevistados declararam voto em Dilma. Serra soma 31,1% na região. No Sudeste, o instituto aponta uma leve preferência por Serra e o resultado - 44,7% para o tucano e 43,3% para Dilma - caracteriza empate técnico. Na região Norte/Centro-Oeste, Serra lidera com a vantagem de cinco pontos percentuais (45,7%) sobre a adversária petista (40,7%). No Sul, o tucano (56%) dispara e abre uma vantagem de 20 pontos percentuais sobre  Dilma (36,3%), de acordo com a pesquisa.

Ibope - Os números divulgados pelo Instituto Sensus se aproximam do resultado da pesquiisa do Ibope divulgada na quarta-feira (13), em que  Dilma Rousseff  aparece com 53% das intenções de votos (considerando apenas os válidos), e José Serra com 47%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, o que significa que a petista pode ter de 51% a 55% dos votos, enquanto Serra pode oscilar entre 45% e 49%.

Levando-se em conta os votos totais (que incluem brancos, nulos e indecisos), a vantagem de Dilma sobre Serra mantém-se nos seis pontos percentuais. O levantamento do Ibope foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e registrado no TSE sob o número 35669/2010. O Instituto ouviu 3.010 eleitores entre os dias 11 e 13.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar