Política

Aumento da abstenção no segundo turno

[Aumento da abstenção no segundo turno]
24 de Outubro de 2010 às 19:32 Por: Redação Bocão News
A abstenção neste segundo turno das eleições presidenciais pode surpreender e alterar o resultado das urnas. Isso porque, mesmo o voto sendo obrigatório no Brasil, muita gente pode deixar de ir às urnas no domingo, 31, quando será realizado o segundo turno da disputa pela presidência da República.

O de finados, em 2 de novembro, cai em uma terça-feira, dois dias após o segundo turno, e muita gente pode aproveitar para prolongar o final de semana “enforcando” a segunda-feira, 1º de novembro, quando os funcionários  públicos não estarão trabalhando já que nesta data comemoram o dia dedicado a eles. 

O “feriadão” permite que várias pessoas possam viajar com seus familiares. Isso pode causar algum tipo de alteração no cenário eleitoral. Além dos funcionários públicos, que representam cerca de 10% do eleitorado, outros eleitores deverão estar fora do seu domicílio no dia da votação. E se viajar e não tiver feito a inscrição para votar em trânsito, poderá justificar a ausência.

A justificativa pode ser apresentada em qualquer cartório eleitoral no dia da eleição ou até 60 dias após o pleito. O eleitor que não votar nem justificar sua ausência poderá pagar multa à Justiça Eleitoral e regularizar assim sua situação.

Caso não o faça, o eleitor está sujeito a punições como não poder se inscrever em concurso público, tirar passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimentos de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo ou participar de concorrência. Caso não vote em três eleições consecutivas, terá o título cancelado.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar