Política

Começa briga pelo comando do Legislativo

[Começa briga pelo comando do Legislativo ]
24 de Outubro de 2010 às 19:22 Por: Redação Bocão News
Pelo menos cinco parlamentares federais manifestaram a disposição de se candidatarem à presidência do Senado e da Câmara Federal. Nessa briga, PT e PMDB, aliados em torno da busca de voto para eleger Dilma Rousseff (PT) presidente da República, tendem a ser adversários na disputa pela presidência das Casas.

O senador José Sarney (PMDB) tem demonstrado a intenção de abrir mão da reeleição.  Edison Lobão (PMDB-MA) já avisou que se essa disposição de Sarney se concretizar ele vai entrar na disputa pela presidência do Senado.

Pela presidência da Câmara Federal, petistas e peemedebistas, que formaram dois blocos com o PRB e o PSC, respectivamente, para criar a maior bancada da Câmara, vão esquecer os afagos trocados durante a campanha presidencial, e entrar na briga para pelo comando do Legislativo.

Tanto PT quanto PMDB não escondem a cobiça pelos cargos, peças fundamentais no xadrez ministerial do futuro presidente da República.

Os deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Cândido Vaccarezza (PT-SP) já deram a largada nas negociações, mas dizem que no momento estão mais preocupados e empenhados na eleição da petista Dilma Rousseff.

Ao ser questionado sobre sua campanha para a presidência da Câmara dos Deputados, Vaccarezza desconversa dizendo que o único candidato que está em campanha é o colega Henrique Eduardo Alves. Segundo ressalta, está em campanha apenas pela eleição de Dilma.

Enquanto o nome do deputado Henrique Alves para presidir a Câmara é consenso no PMDB, o de Vaccarezza enfrenta concorrência dentro do próprio PT. A disputa interna pode levar a uma prévia do partido para escolher o nome do candidato.

Isso porque os deputados Arlindo Chinaglia (SP) e João Paulo Cunha (SP), que já ocuparam a presidência da Câmara Federal, não fazem segredo do desejo de voltar ao  cargo e, nos bastidores, já deram o pontapé inicial da campanha sondando os colegas. (Informações do Estado de São Paulo)
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar