Política

Oposição alerta contra excessos

[Oposição alerta contra excessos]
26 de Outubro de 2010 às 19:51 Por: Daniel Pinto


                                       Foto: Edson Ruiz/Bocão News


O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) aproveitou a presença do senador eleito Aécio Neves (PSDB) em Salvador para atacar o governo Wagner. Nesta terça-feira (26), durante o evento de apoio à candidatura de José Serra (PSDB), o democrata acusou o estado de tentar censurar a imprensa. “A Folha de S. Paulo denunciou a estratégia do PT da Bahia. Eles querem criar um Conselho de Comunicação para controlar o trabalho dos jornais, sites e rádios. Não tenha dúvida que esse ‘conselho dos companheiros’ pretende controlar o conteúdo dos veículos”, disparou o parlamentar, ao tempo em que pedia votos para o candidato tucano: “sei que a batalha é desigual. Por isso, vamos trabalhar até o último dia, até que as urnas sejam lacradas, para que Serra seja eleito presidente do Brasil”.

ACM Neto (DEM), gozando da popularidade de ter sido o deputado mais votado do estado, criticou o Partido dos Trabalhadores e mandou um recado para o atual chefe do poder Executivo baiano. “O PT, de Dilma Rousseff, quer pintar o Brasil com uma única cor, que é o vermelho. Mas, o Brasil que queremos é azul, verde, amarelo e branco, de Serra presidente. Agora, quero falar ao governador Jaques Wagner: fique tranquilo, governador! Se José Serra for eleito não haverá perseguição, como aconteceu com o nosso estado no primeiro mandato do presidente Lula. Não haverá ameaça e nem retaliação porque a Bahia estará sempre em primeiro lugar”.

O último a mirar no “time dos companheiros” foi Jutahy Magalhães Júnior (foto), a principal liderança do PSDB baiano em Brasília. O líder tucano destacou um trecho específico da participação de Dilma no último debate entre os presidenciáveis. “Quero aqui prestar minha solidariedade a todos os trabalhadores da Petrobras, especialmente aos baianos que fazem parte dessa empresa. No debate promovido pela Rede Record, Dilma disse que a Petrobras só produzia ‘carne de pescoço’, petróleo de baixa qualidade. Um grande absurdo contra a história dessa empresa, que é orgulho de todo o país”.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar