Política

Câmara aprova LDO

[Câmara aprova LDO]
28 de Outubro de 2010 às 10:26 Por: Daniel Pinto

                        Fotos: Edson Ruiz/Bocão News
 
Desta vez, a articulação política da Prefeitura na Câmara Municipal de Salvador conseguiu manter a unidade da base aliada e aprovou, sem nenhuma dificuldade, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O texto vai servir como base para composição do orçamento do município para o ano de 2011. 
 
Na verdade, o líder do Thomé de Souza, Pedro Godinho (PMDB), também teve o apoio do bloco “independente”, já que, dos 40 vereadores presentes, apenas os oito integrantes da oposição e mais Andréa Mendonça (DEM) votaram em separado pela rejeição da LDO. 
 
No documento, a minoria destaca que “falta informações e detalhamento de metas” e lembra que “cerca de 60% dos programas previstos na LDO de 2009 sofreram remanejamento orçamentário e não alcançaram o que foi estabelecido”.  
 

Mesmo assim, os partidários de João Henrique comemoram o resultado obtido na sessão desta quarta-feira (27). “Ainda bem que o bom senso prevaleceu. Agora, temos que nos debruçar sobre o orçamento do próximo ano, que já tramita na Casa”, observou Sandoval Guimarães (PMDB). 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar