Política

Ex-auxiliar de Guedes diz que "intervenção na Petrobras" foi traição aos eleitores

[Ex-auxiliar de Guedes diz que "intervenção na Petrobras" foi traição aos eleitores]
23 de Fevereiro de 2021 às 12:22 Por: Alan Santos/PR Por: Redação BNews

Em entrevista recente ao Globo, o ex-auxiliar de Paulo Guedes, Ministro da Economia, Paulo Uebel afirmou que a intervenção do presidente Jair Bolsonaro no comando da Petrobras foi uma traição aos votos dos seus eleitores.

O movimento tem visto como totalmente contrários à agenda liberal defendida por Guedes e utilizada por Bolsonaro durante campanha presidencial.

Paulo Uebel foi secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital. Ele fez parte da "debandada" do ano passado da equipe da Economia, alegando insatisfação com o atraso nas reformas e impossibilidade de tocar os projetos. Segundo ele, está cada vez mais distante a possibilidade de Guedes conseguir, por exemplo, emplacar a privatização de estatais.

O antigo secretário de Guedes explicou que Bolsonaro foi eleito com a promessa do programa "Caminho da Prosperidade", que garantia a valorizaçãõ do petróleo brasileiro, e fez elogios a Roberto Castello Branco, que deixou o cargo.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar