Política

Juliano Matos rebate Luiz Bassuma

[Juliano Matos rebate Luiz Bassuma]
22 de Setembro de 2010 às 06:30 Por: Luiz Fernando Lima
Os esforços empreendidos pela presidenciável Marina Silva (PV) para solucionar as disputas internas do diretório estadual da legenda na Bahia não deram resultado. No debate da TV Itapoan, realizado na noite de segunda-feira (20), o postulante ao Palácio de Ondina da legenda, Luiz Bassuma, voltou a acusar seus correligionários Juliano Matos e Bete Wagner, que concorrem a um assento na Câmara Federal de serem funcionários de Jaques Wagner (PT), adversário de Bassuma na corrida pelo Governo do Estado.

Na tarde de terça-feira (21), o ex-secretário de Meio Ambiente conversou com a reportagem do Bocão News e respondeu as críticas e acusações de seu companheiro de legenda. “Quero registrar que até agora eu apenas me defendi das declarações de Bassuma, não parti para ataque nem nada deste tipo. Outra coisa, é que ele não tem qualificação para avaliar a área ambiental da Bahia, não está preparado para isso, e o pior, para ele, é que a população sabe disso, basta ver o desempenho nas pesquisas”, provoca.

De acordo com Matos, além das analises do ex-petista sobre a gestão ambiental dos últimos anos não serem condizentes com a realidade. “Ele está nos atacando (Matos e Bete Wagner, ex-superintendente do Instituto de Meio Ambiente) com um objetivo. Bassuma quer utilizar a estrutura do Partido Verde para eleger a sua esposa, e para isto que minar a nossa campanha, minha e de Beth”, defende.

O secretário pensa que é possível uma reaproximação entre as legendas historicamente aliadas no estado. “Temos bons quadros, qualificados que podem assumir tanto a secretária de meio ambiente como outra”, disse. Sobre esta hipótese Matos ressalta que tudo vai depender de qual grupo dentro do PV sair fortalecido após o pleito de outubro. “Atualmente, forças distintas estão disputando espaços dentro do Partido Verde”, conclui
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar