Política

Lista de investigados será ampliada

[Lista de investigados será ampliada]
22 de Setembro de 2010 às 06:00 Por: Redação Bocão News



De olho nas eleições, o governo federal decidiu ampliar a lista de investigados no caso de tráfico de influência dentro da Casa Civil da presidência. O objetivo da iniciativa é estancar o processo de denúncias, evitando que elas se arrastem até 3 de outubro, preservando assim a imagem da candidata do Planalto, a petista Dilma Rousseff.

Além de recomendar a ampliação do leque de investigados, a orientação do Planalto é para que a Controladoria Geral da União (CGU) e a Polícia Federal agilizem a apuração do caso, evitando que novas denúncias surjam até o dia 3 de outubro, respingando na presidenciável.

A CGU, que vinha limitando a apuração ao pedido feito pela então ministra Erenice Guerra, logo após surgirem as primeiras denúncias, decidiu abrir o leque de investigados. Em nota divulgada o ministro chefe da CGU, Jorge Hage, anunciou que vai apurar todas as denúncias.

Além da Erenice Guerra, o escândalo provocado pela revelação da existência de um esquema de lobby e tráfico de influência operado na Casa Civil por Israel Guerra, filho da ex-ministra, derrubou outros três ocupantes de cargos na estrutura do governo federal. 

Caíram o diretor de Operações dos Correios, coronel Eduardo Artur Rodrigues, o assessor jurídico da Casa Civil, Vinícius Castro, e o funcionário do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) - órgão subordinado à Casa Civil –, Stevan Knezevic.

O ministro Jorge Hage prometeu investigar os contratos da MTA Linhas Áreas e com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), cancelamento de multas e a concessão de exploração de ouro e calcário à empresa Matra Mineração, da Unicel, empresa de telefonia móvel que operou em fase de testes no Ministério da Defesa. O marido de Erenice era um dos representantes do negócio.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar