Política

Brasil defende tolerância na ONU

[Brasil defende tolerância na ONU]
28 de Setembro de 2010 às 15:39 Por: Luiz Fernando Lima


O ministro das Relações Exteriores de Brasil, Celso Amorim, representou o país na reunião do Conselho de Segurança da ONU na última segunda-feira (27). O ministro defendeu o posicionamento do Estado brasileiro que considera que é preciso ter mais tolerância como forma de evitar o extremismo e a polarização no mundo.

O chanceler brasileiro afirmou que é preciso concluir, de forma urgente, as negociações para uma convenção global da ONU sobre terrorismo. Do outro lado, mantendo a tradição, a secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton ressaltou a importância do combate ao terrorismo. Segundo Hillary, o problema ultrapassa a simples prisão dos terroristas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar