Salvador

Wagner inaugura Departamento de Homicídios

[Wagner inaugura Departamento de Homicídios]
20 de Abril de 2011 às 19:43 Por: Redação Bocão News
Com uma megaestrutura idealizada com o objetivo de aumentar a capacidade do estado em solucionar os casos, reduzindo assim o número de crimes, o governo baiano inaugurou, nesta quarta-feira (20), na Pituba, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

A estrutura conta com um complexo de 11 delegacias especializadas, sendo seis em Salvador e cinco implantadas no interior até o fim do ano, o DHPP funcionará com 120 policiais, além de 110 profissionais das equipes do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc), que vão trabalhar em escalas de turnos extras. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os servidores que atuarão no departamento começarão na próxima semana um curso de qualificação.

Entre as delegacias que farão parte da estrutura do DHPP estão a da Região Metropolitana de Salvador (RMS), de Investigação de Homicídios Múltiplos - para casos que envolvam chacina e extermínio -, e de Proteção à Pessoa, cuja atribuição é cuidar dos casos envolvendo pessoas desaparecidas e proteção a testemunhas.

Durante a inauguração, comandada pelo governador Jaques Wagner na presença da cúpula da SSP, o secretário Maurício Teles Barbosa explicou que todas as investigações relacionadas a homicídios, ameaças às pessoas e desaparecimentos serão centralizadas no DHPP.

Para facilitar o trabalho da equipe do departamento, Salvador foi dividida em três áreas integradas de segurança pública, sendo elas Baía de Todos os Santos, Central e Atlântico. 

No interior, as cinco delegacias serão instaladas em cinco regiões estratégicas do estado: Norte, em Juazeiro, Sul, em Itabuna, Leste, em Feira de Santana, Oeste, em Barreiras, e Sudoeste, em Vitória da Conquista.

Pacto pela Vida
O DHPP integra o programa Pacto pela Vida, que tem como finalidade a redução dos índices de crimes contra a vida. Além do departamento, o programa visa à instalação de bases comunitárias de segurança pela Polícia Militar.

Foto: Manu Dias // Agecom
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar