Salvador

Entregadores de delivery lamentam toque de recolher, mas ressaltam bem à saúde

[Entregadores de delivery lamentam toque de recolher, mas ressaltam bem à saúde]
19 de Fevereiro de 2021 às 21:28 Por: Dinaldo Silva/BNews Por: Henrique Brinco e Pedro Vilas Boas

As entregas por delivery para bares e restaurantes estão proibidas durante o toque de recolher na Bahia, que tem início às 22h desta sexta-feira (19), e segue até às 5h, durante 7 dias.

Para o entregador Alexandre Machado, de 33 anos, o "bem maior" é a saúde. "Vai impactar de qualquer forma, mas o bem maior da gente é a saúde", comentou, em entrevista ao BNews nesta noite, minutos antes do primeiro dia de decreto.

Ele contou que o Ifood, aplicativo pelo qual faz as entregas, pediu colaboração dos entregadores para respeitarem o decreto estadual.

Flávio Ribeiro, 32, segue o mesmo raciocínio do colega de entregas. Ele explica que as entregas aumentam, justamente, a partir das 22h.

"[Impacta] bastante, porque a maioria chega mais a partir das 22h. Ifood já disse que encerra às 21h. Não discordo, porque o pessoal não tá respeitando, e é pra nossa saúde", diz.

Fica expressamente vedado, entre as 22h e as 5h, o funcionamento de bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas, inclusive na modalidade delivery. Não são alcançados pelo decreto os serviços de limpeza pública e manutenção urbana; os serviços delivery de farmácia e medicamentos; e as atividades profissionais de transporte privado de passageiros.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar