Salvador

Na cola do devedor: débito com IPVA ultrapassa R$ 100 mil e blitz começa

[Na cola do devedor: débito com IPVA ultrapassa R$ 100 mil e blitz começa]
06 de Novembro de 2013 às 16:33 Por: Caroline Gois (twitter: @goiscarol)
Nesta quarta-feira (6), os motoristas da capital baiana que estão em débito com Departamento de Trânsito da Bahia (Detran) acordaram já com as sirenes das viaturas da Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador) no pé do ouvido. Isso porque, a partir de hoje, acontece a operação conjunta de abordagem aos motoristas de Salvador para aferir a quitação do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), realizada por equipes do Estado (Secretaria da Fazenda da Bahia/Sefaz-Ba, Detran e Polícia Militar) e da Prefeitura (Transalvador).
"É uma ação de cidadania. O objetivo é fazer com os que as pessoas regularizem o IPVA, licenciamento e seguro obrigatório", afirmou o diretor do Detran, Major Botelho, ressaltando que desde a divulgação das blitzen na cidade o movimento nos bancos do órgão aumentou. "As pessoas estão buscando regularizar o débito", disse. Ainda conforme Botelho, o débito da frota devedora - cerca de 10% de um milhão de veículos que circulam em Salvador - ultrapassa os R$ 100 mil. 
Já em conversa com o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, a operação que começa hoje "não tempo de duração. O nosso maior objetivo é conscientizar os motoristas e obrigá-los a regularizarem o débito, afim de que possamos diminuir a inadimplência", afirmou. Segundo Muller, o foco da ação são os devedores do IPVA, "porém, se os agentes encontrarem outros débitos ou irregularidades, os motoristas serão abordados e enquadrados dentro dos procedimentos da lei", complementou.
 
 
A Blitz
 
O ponto de encontro das equipes dos órgãos envolvidos na blitz será a Corregedoria da Polícia Civil, localizada na Avenida Juracy Magalhães Júnior, no bairro do Rio Vermelho, ao lado da Ceasa. Nas blitzes, só serão parados os veículos efetivamente em débito. Para isso, uma equipe de fiscais com acesso aos sistemas da Sefaz-Ba e do Detran ficará instalada antes do local da abordagem para fazer a identificação prévia dos veículos. Se tiver o veículo retido, o contribuinte receberá um Documento de Arrecadação Estadual, podendo dirigir-se ao banco ou ao caixa eletrônico para quitar o débito e evitar, assim, que haja apreensão e reboque - neste caso, além do imposto devido e das multas cabíveis, será preciso arcar ainda com os custos do reboque e das diárias nos pátios do Detran e da Transalvador.
 
A previsão é que aconteçam pelo menos três blitzes por semana ao longo do mês de novembro, em pontos aleatórios da cidade. Na sequência, as operações devem acontecer também em municípios do interior.

Nota originalmente postada às 8h do dia 6
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar