Saúde

HGE só irá atender casos de urgência e emergência, diz diretor

[HGE só irá atender casos de urgência e emergência, diz diretor ]
Por: Vagner Souza/BNews Por: Nilson Marinho 0comentários

A partir do próximo (28) sábado, o Hospital Geral do Estado (HGE) só irá atender urgência e emergência, dando prioridade para casos de traumas, como vítimas de acidentes e arma de fogo. A unidade já conta com uma equipe especializada para tratar casos como esses. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira (25) pelo direitor do HGE, André Luciano Andrade. 

A unidade também não atende casos de pacientes com suspeita ou infectados pela Covid-19. De acordo com o diretor, casos considerados clinicamente mais leves estavam criando uma grande demanda a equipe de especialistas da unidade de saúde que conta com cerca de 400 leitos.

A orientação é que a população, antes de procurar o HGE, exceto em casos graves, procurem clínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPA's). Dos 65 mil atendimentos feitos por lá no passado, 65% deles poderiam ser resolvidos em outras unidades de saúde. 

"Nós não vamos mais ter sistema de classificação de risco, uma dor de ouvido por exemplo. O HGE passou a atender qualquer tipo de doença. E não é a missão da unidade. A missão é atender o politraumatizado. Se você pega sua equipe e direciona para a verdadeira missão o atendimento vai ser muito melhor, do que diluí-la com casos que podem serem atendidas em clínicas e UPA's", disse o diretor. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas