Serviços

Pacientes do Hospital Municipal de Salvador contam com aplicativo de serviços e tratamento humanizado para autistas

[Pacientes do Hospital Municipal de Salvador contam com aplicativo de serviços e tratamento humanizado para autistas]
Por: BNews Por: Redação BNews 0comentários

Os pacientes que precisam de atendimento gratuito à saúde contam, a partir desta  sexta-feira (12), com dois novos serviços no Hospital Municipal de Salvador (HMS): o aplicativo “Meu HMS”, onde os pacientes terão acesso a serviços disponíveis no hospital, e o projeto “Amigos do Autista”, que através da capacitação dos profissionais do hospital disponibiliza um tratamento mais humanizado para pacientes.

O primeiro dia de disponibilização dos serviços contou com a presença do Secretário Municipal da Saúde, Leo Prates, o provedor da Santa Casa da Misericórdia, Roberto Sá Menezes, o diretor-geral e diretora técnica do hospital, Adalberto Bezerra e Thayse Barreto, respectivamente.

A doméstica Patrícia Santos, 43 anos, moradora de Dom Avelar gostou da praticidade de ter os exames disponíveis em um aplicativo de celular, com a filha internada no local diz que poupará tempo com a novidade. “Moro distante do hospital, ter os exames que minha filha fez me poupa de vir aqui. Isso é muito bom”, afirma.

O secretário ressaltou que a inclusão digital e o tratamento especializado para pessoas com autismo poderá ser ampliado para as demais unidades de tratamento de saúde. “Esse é um equipamento humanizado, a meta é 100 mil atendimentos. Vamos dar mais acesso aos exames. A maioria das pessoas hoje em dia tem celular e pode contar com essa especialidade, é uma inclusão digital. Também estamos propondo preparar os profissionais para receber os autistas para os tratamentos disponibilizados na unidade de saúde. Assim nos tornamos mais inclusivos”, aponta. 

Mas, um acompanhante, que preferiu o anonimato, conversou com a equipe do BNews e reclamou que a mãe, Aurelina, está internada há 15 dias no local sem conseguir fazer procedimento. “Dizem que o aparelho está quebrado, mas a realidade é que há 15 dias minha mãe que precisa desse exame, está internada, sem previsão de alta”, enfatiza.

De acordo com o secretário, o atendimento local pode ser ampliado com a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento  (UPA) no bairro. “Nossa equipe analisa abrir uma UPA para selecionar pessoas para o atendimento da unidade de saúde".

O diretor-geral do HMS, Adalberto Bezerra Adalberto descreve os novos serviços como redução de custos e soluções acessível aos usuários. “180 mil pacientes já foram atendidos no hospital, esses novos serviços ajudaram na vida prática das pessoas, através do aplicativo, o paciente terá o histórico de atendimento, prontuário exames e não precisará vir ao hospital. Além de saber as especialidades que são oferecidas no hospital e entrar em contato com a ouvidoria. Tudo para melhorá a vida do paciente e familiares”, afirma.
 

Estrutura

O Hospital Municipal de Salvador tem ênfase em atendimentos de urgência e emergência. São 800 funcionários, sendo 170 médicos. A unidade oferece 210 leitos, sendo 30 de UTI (adultos e pediátrico), 150 de clínica médica e cirúrgica e 30 de clínica pediátrica. A emergência tem ênfase em traumatologia, ortopedia e urgências clínicas e um ambulatório com 3 mil consultas por mês de cardiologia, cirurgia geral, neurologia, cirurgia pediátrica, pediatria, generalista e ortopedia e traumatologia.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas