Serviços

Clientes de baixa renda têm até dia 25 para negociar faturas com a Coelba e evitar suspensão de energia

[Clientes de baixa renda têm até dia 25 para negociar faturas com a Coelba e evitar suspensão de energia]
19 de Janeiro de 2021 às 20:09 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Clientes classificados como baixa renda têm até a próxima segunda-feira (25) para negociar as faturas em aberto com a Coelba - Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia e evitar o corte de energia. A empresa também zerou os juros de financiamento para esse público, a fim de facilitar a quitação das dívidas.

Os interessados podem optar pelo pagamento online, através do Portal de Negociação da Coelba, disponível no site www.coelba.com.br. Nele é possível quitar faturas à vista, pagamento integral no débito com o cartão virtual Caixa Elo (Auxílio Emergencial) ou parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito. São aceitos os cartões das bandeiras Master, Visa, Hiper, Elo e Amex.  

É necessário informar o CPF e a conta contrato do cliente para ter acesso às opções de negociação e os serviços do portal. Lá é possível visualizar o débito e as condições de pagamento. 

Quem preferir fazer presencialmente a negociação, pode ir às lojas de atendimento da Coelba. Há ainda a opção de atendimento telefônico.

“O corte de energia é o último recurso utilizado pela empresa, antes são adotadas todas as medidas administrativas para a quitação da dívida que o cliente é informado através de carta, e-mail ou telefone, desde que estejam atualizados na Coelba. Para evitar a suspensão do fornecimento, a empresa está disponibilizando condições, realmente, diferenciadas aos clientes nesse momento de dificuldade”, afirmou a gerente de Relacionamento com Grande Clientes da Coelba, Cleriane Rodrigues.  

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou, desde o dia 1º de janeiro, o corte de energia por inadimplência de clientes classificados baixa renda. 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar