Tecnologia e Ciência

Ataques hackers cresceram mais de 700% na América Latina por conta do home office

[Ataques hackers cresceram mais de 700% na América Latina por conta do home office]
18 de Maio de 2021 às 16:25 Por: Pixabay Por: Redação BNews

Um relatório da empresa de cibersegurança ESET aponta que os ataques hackers do tipo de força bruta a serviços de acesso remoto, conhecidos como RDP, cresceram 704% em 2020 em toda a América Latina. Na visão de especialistas, o home office foi o principal fator para esse aumento. "Os hackers viram o home office como uma oportunidade para os ataques", afirma Daniel Cunha Barbosa, especialista em cibersegurança da empresa.

De acordo com reportagem do IG, a falta de conscientização digital dentro das empresas se somou ao uso equivocado de equipamentos pessoais como notebooks para o trabalho, e aos orçamentos apertados que causaram menos investimentos em cibersegurança. Todos esses fatores levaram ao aumento dos ataques hackers.

Ainda de acordo com o site, a maior preocupação das empresas são os malwares, códigos maliciosos que infectam dispositivos, e que representaram cerca de 34% de todos os incidentes de segurança em empresas latino-americanas.

O levantamento apontou que o Brasil foi o país mais afetado por esse tipo de ataque, representando 19% de todos os golpes aplicados na América Latina. Na sequência, vieram México (17,5%) e Argentina (13,3%).
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar