Coronavírus

Mortes por doença respiratórias na Bahia em 2020 chegam a 78% do total registrado em 2019

[Mortes por doença respiratórias na Bahia em 2020 chegam a 78% do total registrado em 2019]
20 de Abril de 2020 às 05:50 Por: Agência Brasil Por: Yasmin Garrido

Os números de mortes por doenças respiratórias deu um salto em 2020, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19, doença que afeta o sistema respiratório. Na Bahia, entre 1º de janeiro e 19 de abril, foram registrados 3.270 óbitos, número que corresponde a 78% do total de ocorrências em todo o ano passado.

De acordo com dados coletados pelo BNews da Central de Informações do Registro Civil - (CRC Nacional), no período foram 1.896 mortes em decorrência de insuficiência respiratória, enquanto 1.374 pessoas morreram vítimas de pneumonia no estado.

O cenário nacional também não é diferente, com crescente número de internações por insuficiência respiratória e pneumonia, que juntas somaram mais de 95 mil hospitalizações. O número representa 98,5% de todos os registros de 2019, quando foram 96,5 mil atendimentos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), uma das principais entidades no controle da pandemia no território nacional, houve aumento de internações no país por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) desde fevereiro, antes de a pandemia do novo coronavírus ser decretada.

O infectologista Leonardo Weissmann, consultor da SBI, explicou que pneumonia e influenza (gripe) também podem levar a uma SRAG, por exemplo. “Com a chegada do novo coronavírus, observou-se aumento abrupto nas notificações de SRAG. É um comportamento atípico para esta época do ano”, destaca Weissmann.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar