Coronavírus

Covid-19: Salvador começa a vacinar nesta quarta (12) pessoas com comorbidades a partir de 35 anos

[Covid-19: Salvador começa a vacinar nesta quarta (12) pessoas com comorbidades a partir de 35 anos]
11 de Maio de 2021 às 17:59 Por: Bruno Concha/Secom PMS Por: Redação Bnews

Salvador vai começar a vacinar contra a Covid-19, a partir desta quarta-feira (12), pessoas com comorbidades, agentes das forças de segurança e salvamento, trabalhadores da limpeza urbana e professores do ensino superior que tenham 35 anos ou mais.

Passam a ser incluídos ainda, no mesmo dia, os trabalhadores da saúde que atuam em policlínicas, consultórios e clínicas/ambulatórios especializados com Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes). Os locais para imunização de cada público ainda não foram divulgados.

Para ter direito à dose, os cidadãos precisam conferir se o nome já consta na lista da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), disponível no site. No momento da aplicação da vacina, é preciso apresentar os documentos exigidos para validação do grupo prioritário em que o cidadão a tomar o imunizante se encaixa.

Confira os documentos exigidos no momento da vacinação para cada grupo:

- Pessoas com comorbidades com 35 anos ou mais: Os indivíduos devem estar com o nome cadastrado no site da SMS e, no ato da vacina, apresentar documento oficial de identificação com foto. No caso das pessoas com anemia falciforme, também é necessário levar um dos seguintes documentos: cópia de relatório médico com CID para a doença, emitido em qualquer data; ou cópia do exame de diagnóstico para a doença (eletroforese de hemoglobina); ou cópia da carteira de identificação dos serviços especializados que atendem a doença em Salvador.

- Agentes das forças de segurança e salvamento e trabalhadores da limpeza urbana, todos com 35 anos ou mais: Estes profissionais devem estar em pleno exercício das atividades, lotados em Salvador, com nome cadastrado no site da SMS. No ato da vacina deverão apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

- Trabalhador do ensino superior das redes privada e pública com 35 anos ou mais: Os profissionais devem estar em pleno exercício das atividades, lotados na capital baiana e com o nome cadastrado no site da SMS. No ato da vacina deverá apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato de trabalho pessoa jurídica.

- Trabalhador da saúde lotado em policlínicas, consultórios e clínicas/ambulatórios especializados com Cnes ativo: deve estar com o nome no site da SMS e apresentar o último contracheque e um documento oficial com foto.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar