Coronavírus

Secretário de Saúde da Bahia avisa que “a juventude está começando a ser dizimada” pelo coronavírus

[Secretário de Saúde da Bahia avisa que “a juventude está começando a ser dizimada” pelo coronavírus ]
19 de Maio de 2021 às 16:02 Por: Divulgação/ Sesab Por: Márcia Guimarães

Com as taxas de infecção pelo coronavírus subindo rapidamente na Bahia, o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, fez um alerta à população jovem. Segundo ele, são inúmeros os casos de internamentos em UTIs Covid de pessoas jovens sem nenhuma comorbidade.

Ele lembra que, antes da vacinação dos idosos, a preocupação é que o público mais jovem saísse, aproveitasse as festas e depois levasse o vírus para casa, contaminando os mais velhos. Com a imunização dessa parte da população, a situação mudou. São os jovens que estão aparecendo com frequência nas unidades de saúde em busca de atendimento, muitas vezes já com quadros graves da Covid-19.

“Temos mais pessoas com menos de 60 anos internadas, muitas na faixa dos 20 anos. Agora o jovem que pega essa doença tem ido para a UTI, mesmo sem hipertensão ou qualquer outra doença que represente fator de risco. A juventude está começando a ser dizimada”, avisou Vilas-Boas, em entrevista ao Balanço Geral nesta quarta-feira (19).

O secretário ressalta que é preciso reverter a curva de crescimento de casos ativos com urgência. O número de pessoas internadas em UTIs no estado continua subindo, assim como a quantidade de pessoas aguardando por mais de 24h vagas para a regulação. Por isso, é essencial que as pessoas não aglomerem, continuem usando máscara e mantenham o distanciamento, inclusive durante o período junino, a fim de que o mês de julho seja menos preocupante.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar