Coronavírus

Bebê nasce com anticorpos contra a covid-19 em Santa Catarina, segundo médicos

[Bebê nasce com anticorpos contra a covid-19 em Santa Catarina, segundo médicos]
20 de Maio de 2021 às 06:49 Por: Arquivo Pessoal Por: Redação BNews

Um bebê nasceu com anticorpos contra a covid-19 na cidade de Tubarão, no Sul catarinense, segundo informou a Secretaria de Saúde Municipal, nesta quarta-feira (19). A mãe, Talita Mengali Izidoro, é médica, trabalha em um posto de saúde da cidade e foi vacinada com imunizante da Coronavac quando estava com 34 semanas de gestação.

Enrico nasceu no dia 9 de abril e o teste que comprovou a presença de anticorpos foi feito dois dias depois, sendo avaliado por diferentes médicos, incluindo o secretário municipal de saúde da cidade, o obstetra que acompanhou a criança, além da mãe de Enrico e dos profissionais do laboratório que fez o exame.

De acordo com o G1, o resultado apontou que 22% de anticorpos na amostra analisada. De acordo com o secretário de Saúde da cidade, o médico Daisson José Trevisol, esse é o primeiro caso documentado da região. "É o primeiro caso de Tubarão sem dúvida nenhuma e na região também. Provavelmente seja o primeiro caso em Santa Catarina", declarou Daisson.

Ainda de acordo com a reportagem, o teste de neutralização SARS-COV-2 foi feito com amostras de sangue da criança por um laboratório catarinense e encaminhado para análise fora do Estado. Com o resultado, apontando que as amostras eram reagentes, ou seja, tinham anticorpos contra o vírus, a família decidiu enviar o exame para especialistas, que confirmaram o fato.

Enrico será acompanhado e passará por novos exames com 3 e 6 meses de vida para avaliar se ele segue com a presença dos anticorpos no sangue da criança. Já que a duração da proteção do anticorpo em um bebê ainda é desconhecida.

Um artigo científico é elaborado no programa de pós-graduação de uma universidade na região para documentar a descoberta e publicá-la. Participam do estudo a gerente e o secretário de Saúde do município, pesquisadores da universidade e a própria mãe. Procurado, o Ministério de Saúde não informou até as 17h se foi notificado e se há outros casos semelhantes no país.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar