Coronavírus

Índia pede que redes sociais apaguem conteúdos com menção a "variante indiana"

[Índia pede que redes sociais apaguem conteúdos com menção a "variante indiana"]
22 de Maio de 2021 às 19:30 Por: Divulgação/IRR/Fiocruz Minas Por: Redação BNews

O governo da Índia começou a exigir na última sexta-feira (21), que as redes sociais removam conteúdos que incluam a expressão "variante indiana" do coronavírus. Identificada como B.1.617, a variante foi detectada pela primeira vez no país ainda no ano passado, e tem sido considerada responsável pela onda devastadora do coronavírus que atingiu diversos países do sul da Ásia.

A cepa se espalhou para o Reino Unido e pelo menos 43 outros países, incluindo o Brasil, onde vem sendo frequentemente mencionada como "variante indiana".

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, a ordem do governo destaca a sensibilidade do Executivo às alegações de que administrou mal o aumento de novos casos. Por isso, o ministério de Tecnologia instruiu as plataformas de mídia social a "remover todo o conteúdo" que se refira à "variante indiana".

"Estamos cientes de que estão circulando online informações falsas sobre uma 'variante indiana' do coronavírus que está se espalhando em outros países. Isso é completamente falso", diz o documento.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar