Coronavírus

Cidades do interior baiano não seguem orientação do MPF e começam a vacinar jornalistas

[Cidades do interior baiano não seguem orientação do MPF e começam a vacinar jornalistas]
25 de Maio de 2021 às 19:42 Por: Vagner Souza/BNews Por: Redação BNews

Pelo menos duas cidades do interior da Bahia, Maragojipe e Ilhéus, começaram a vacinar os profissionais da comunicação mesmo após o Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público da Bahia (MP-BA) terem orientado a Secretaria de Saúde da Bahia a seguir o Plano Nacional de Imunização e não incluir novas categorias. As prefeituras dos municípios publicaram a convocação de vacinação para os profissionais nas redes sociais.

Para se vacinar em Maragojipe, os jornalistas precisam levar documento de identificação, cartão do SUS e uma declaração de atividade exercida. A vacinação no município foi marcada para esta terça (25) e quarta-feira (26).

Já em Ilhéus, as empresas de comunicação devem cadastrar seus funcionários para receber o imunizante, mas ainda não foi informada a data para a imunização. 

Em Salvador, no entanto, o secretário municipal de Saúde, Léo Prates, afirmou que os profissionais da imprensa não serão vacinados até que o Ministério Público Federal e o Ministério Público da Bahia liberem a imunização dessa categoria. 

Os profissionais de comunicação haviam sidos inclusos no grupo de prioridade de vacinação contra a Covid-19 na Bahia após reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) realizada na última terça-feira (18). O MPF e o MP-BA emitiram, no entanto, uma recomendação para que a CIB se abstenha de incluir novas categorias como prioritárias no plano de vacinação.

Em entrevista à Rádio Metrópole, o secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explicou a função da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) na determinação da fila de vacinados."A CIB pode deliberar e nós, diante dos números apresentados pelo sindicato dos jornalistas, decidimos que era o momento de proteger pelo menos os maiores de 40 que estejam expostos. Mas a CIB não pode obrigar as cidades a iniciar essa vacinação", detalhou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar