Coronavírus

Itália diz que pessoas que já contraíram Covid-19 devem receber somente uma dose da vacina

[Itália diz que pessoas que já contraíram Covid-19 devem receber somente uma dose da vacina ]
22 de Julho de 2021 às 16:54 Por: Pixabay Por: Redação BNews

O diretor-geral de prevenção do Ministério da Saúde italiano, Giovanni Rezza, assinou uma circular com a recomendação de que pessoas que já tiveram Covid-19 devem tomar apenas uma dose da vacina contra a doença. O governo da Itália afirmou ainda que esses cidadãos devem se imunizar somente seis meses após o desaparecimento dos sintomas do vírus. 
 
A Itália utiliza quatro vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA): Pfizer, Moderna, Janssen e AstraZeneca. 
 
Segundo a CNN, o documento assinado por Rezza afirma que a vacinação com apenas uma dose deve ser feita até 6 meses depois da recuperação da Covid-19, mesmo se ela não tiver apresentado nenhum sintoma da doença. 
 
O documento recomenda ainda que os cidadãos italianos que possuem imunidade deficiente ou que enfrentam algum tratamento farmacológico devem receber as duas doses da vacina contra Covid-19 mesmo que já tenham se infectado com a doença. 
 
Alemanha, França, Holanda e Espanha já têm recomendações semelhantes. O Ministério da Saúde alemão aconselha que cidadãos que já tiveram a Covid-18 só recebam a dose da vacina depois de quatro semanas ou até seis meses depois da recuperação da doença. Segundo a pasta, somente uma dose da vacina é suficiente depois da contaminação por Covid-19. As pessoas imunossuprimidas. 
 
Na França, o governo recomendou, em fevereiro, que pessoas já infectadas recebessem apenas uma dose da vacina. Segundo a CNN, as pessoas imunossuprimidas precisam receber as duas doses da vacina contra Covid-19 em um intervalo de três meses após o início da infecção pelo coronavírus. 
 
Na Espanha, o Ministério da Saúde recomendou, ainda em abril, que a imunização de cidadãos com menos de 65 anos só acontecesse seis meses após a contaminação por Covid-19. Para quem tem mais de 65 anos de idade, as duas doses do imunizante devem ser aplicadas.
 
Por fim, na Holanda, o Ministério da Saúde afirma que estudos já mostram que pessoas que contraíram a Covid-19 teriam imunidade contra a doença por pelo menos seis meses. “Por isso, aconselhamos que as pessoas com resultado positivo [de Covid-19] há menos de seis meses sejam vacinadas apenas com uma dose”, disse a pasta. 

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar