Mundo

Governo argentino nomeia nova ministra da Saúde após sucessor vacinar amigos para Covid

[Governo argentino nomeia nova ministra da Saúde após sucessor vacinar amigos para Covid]
20 de Fevereiro de 2021 às 15:53 Por: Divulgação/Argentina.gob.ar Por: Redação BNews

O governo argentino escolheu a médica Carla Vizzotti, de 47 anos, para comandar o ministério da Saúde do país após Ginés González García, então titular da pasta, deixar o cargo por ter dado prioridade a amigos seus na fila de vacinação para o novo coronavírus.

De acordo com informações do jornal Gazeta do Povo, a nomeação de Vizzotti foi publicada na edição deste sábado (20) do Diário Oficial da Argentina. Ela é especialista em vacinas e ocupava a presidência da Sociedade Argentina de Vacinas e Epidemiologia.

Na última sexta-feira (19), o presidente Alberto Fernández pediu a García que renunciasse, após o jornalista Horacio Verbitsky, 79 anos, ter revelado que telefonou ao então ministro para pedir que fosse vacinado contra a covid-19. Segundo o relato, o ex-ministro o convocou ao ministério para que ele recebesse uma dose da Sputnik V.

Verbitsky é apontado pela imprensa local como um assessor informal da hoje vice-presidente Cristina Kirchner, que presidiu o país entre 2007 e 2015. García chegou a publicar uma carta no Twitter, na qual trata o episódio como uma "confusão involuntária". Ele assumiu a responsabilidade pela situação, mas garantiu que as pessoas vacinadas "pertencem aos grupos incluídos dentro da população alvo da campanha vigente".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar