Mundo

Estudo mostra que vacina reduz em 95% óbitos causados pela Covid-19 na Itália

[Estudo mostra que vacina reduz em 95% óbitos causados pela Covid-19 na Itália]
15 de Maio de 2021 às 16:27 Por: Dinaldo Silva/Arquivo BNews Por: Redação BNews

Um estudo italiano mostrou que a vacinação contra a Covid-19 diminuiu em 95% os óbitos causados pelo vírus no país. A pesquisa acompanhou 13,7 milhões de pessoas imunizadas de 27 de dezembro de 2020 a 3 de maio deste ano. 
 
A redução no risco de morte por Covid-19 acontece 14 dias depois da aplicação da primeira dose do imunizante e alcança a taxa total de imunização a partir de 35 dias. O estudo também mostrou uma queda na quantidade de pessoas que precisaram ser internadas por complicações da doença, cerca de 90%, e também registrou uma diminuição de 80% nos casos sintomáticos.  
 
 
Apesar de os resultados serem parecidos entre pessoas de diferentes gêneros e idades, a Itália estava vacinando os idosos e profissionais da saúde a partir de 40 anos com as vacinas da Pfizer, da Moderna e da AstraZeneca quando a pesquisa foi realizada. 
 
Mais de 90% das pessoas que participaram da pesquisa respeitaram o período correto de administração da primeira e segunda dose dos imunizantes.
 
A Itália só não incluiu na pesquisa as pessoas vacinadas com a Janssen, visto que esse imunizante só começou a ser administrado no país a partir de abril. Além disso, os resultados não incluem os italianos que tinham sido diagnosticadas com a Covid-19 antes do início da vacinação.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar