Salvador

Cris Correia diz que prefeitura pretende realizar dois anos em um para recuperar atraso nas aulas

[Cris Correia diz que prefeitura pretende realizar dois anos em um para recuperar atraso nas aulas]
04 de Maio de 2021 às 21:55 Por: Vagner Souza/Arquivo BNews Por: Redação BNews

A vereadora de Salvador Cris Correia (PSDB) afirmou nesta terça-feira (4), em entrevista ao programa BNews Agora, na Piatã FM, que a prefeitura pretende recuperar em um ano o atraso das aulas na rede municipal. “Queremos realizar dois anos em um, o que foi perdido em 2020 junto com o que já seria dado em 2021”. 

Sobre a retomada das atividades escolares, a vereadora acredita que esse é o momento certo para a reabertura das escolas, por mais que haja discordância por parte de alguns setores. Segundo ela as pessoas estarão seguras nessas instituições, principalmente depois que a prefeitura anunciou que vai vacinar 100% dos profissionais da educação

Cris ressaltou que a maior problemática da reabertura das escolas era o risco de que os alunos das escolas infantis passassem o vírus para as pessoas do grupo de risco com quem elas moram, como os avós. Ela argumenta, no entanto, que todos idosos com mais de 70 anos já foram vacinados na capital, além dos estudos que mostram que a taxa de transmissão da Covid-19 de crianças para adultos é muito baixa. Essas informações, segundo a vereadora, tornam o ambiente escolar mais seguro para a retomada.

Durante a entrevista, Cris ainda criticou o Capitão Alden (PSL), que em uma live, sem apresentar provas, acusou parlamentares de receberem R$1,6 milhão da prefeitura. Ela afirmou que essa foi uma “atitude inconsequente e irresponsável”.

“Que tipo de compromisso ele tem para com a cidade, para com os eleitores, com a Bahia e com Salvador?”, questionou a vereadora.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar