Salvador

Prefeito diz que Salvador não conseguirá manter investimentos na saúde, social e transporte público após 30 de junho

[Prefeito diz que Salvador não conseguirá manter investimentos na saúde, social e transporte público após 30 de junho]
24 de Maio de 2021 às 13:34 Por: Reprodução/ RecordTV Itapoan Por: Márcia Guimarães

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), avisou que não há recursos suficientes para manter os níveis de investimentos na saúde, no social e no transporte público após 30 de junho. Ele reclamou que, nos cinco meses de 2021, a capital baiana recebeu R$ 15 milhões do governo federal, sendo que somente os custos com a saúde são de R$ 34 milhões.

Reis alertou, durante participação no Balanço Geral desta segunda-feira (24), que a situação da prefeitura ficará “gravíssima” em julho se o governo federal não ampliar o envio de recursos e de vacinas. Ele contou que esperava ter pelo menos 50% do público-alvo vacinado até 30 de junho e que, em julho, fosse possível desmobilizar estruturas montadas para atender os pacientes Covid-19.  

“Hoje devem chegar doses das vacinas de Oxford e da Pfizer que devem dar para segurar até dia 3 de junho, enquanto esperamos a situação do envio das vacinas se regularizar”, afirmou o prefeito. 

Ele criticou ainda o fato de o governo federal só arcar com os custos dos leitos após o reconhecimento deles, e não desde a abertura desses espaços. “Tenho 100 leitos ainda sem reconhecimento do governo federal e estamos pagando sozinho”, acrescentou. Ele reforçou que teme que a prefeitura não consiga arcar com os custos do transporte público, de distribuição de cestas básicas, pagamento do auxílio emergencial e da manutenção dos leitos hospitalares. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar