Saúde

Em meio a epidemia de Coronavírus, criança que voltou da Itália é isolada em Itabuna

[Em meio a epidemia de Coronavírus, criança que voltou da Itália é isolada em Itabuna]
25 de Fevereiro de 2020 às 16:57 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Uma criança de 1 ano, que voltou de viagem na Europa com passagem pela Itália, que vive uma epidemia de Coronavírus (COVID-19), está internada em isolamento com sintomas respiratórios, em Itabuna a 433 km de Salvador. A informação foi dada pela Secretaria da Saúde do estado (Sesab) nesta terça-feira (25).

Por meio de nota, a pasta afirma que a criança chegou ao município há 12 dias. Foram coletadas amostras de secreção respiratória para a realização de exames específicos no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), conforme orientação do Ministério da Saúde. 

Já o caso de uma paciente também com sintomas respiratórios e histórico de viagem para Itália, em Siena, zona de risco para transmissão do vírus, foi descartado como positivo para o COVID-19. A paciente foi contaminada pelo vírus da Influenza A. Porém, a Sesab informa que a paciente permanece em isolamento de precaução, desde seu atendimento na emergência.

Segundo a pasta, os exames serão processados conforme Protocolo internacional, através de exame PCR para Influenza e outros vírus respiratórios. As amostras negativas serão enviadas ao Laboratório de Referência Estadual (FIOCRUZ – RJ) para identificação do Coronavírus.

A Sesab, através do LACEN-BA, é um dos três únicos laboratorios públicos estaduais que vem disponibilizando um teste rápido PCR multiplex que identifica 21 tipos de vírus respiratórios em um período inferior a duas horas. 

Ainda de acordo com a Sesab, os pacientes encontram-se estáveis, em isolamento (respiratório/contato) dentro das unidades, não ocasionando riscos para nenhum outro paciente internado na instituição, assim como para nenhum de seus colaboradores. 

A vigilância epidemiológica está monitorando os contatos dos pacientes e adotando as medidas de precaução cabíveis até que o diagnóstico seja definido. 

A Divep e técnicos do Núcleo Regional de Saúde Sul estão investigando e acompanhando os casos e seus respectivos contatos.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar