Saúde

Secretário fala em "risco aumentado de contaminação", caso realização da Micareta de Feira seja mantida

[Secretário fala em "risco aumentado de contaminação", caso realização da Micareta de Feira seja mantida]
12 de Março de 2020 às 17:45 Por: Divulgação Por: Léo Sousa e Pedro Vilas Boas

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, voltou a recomendar o cancelamento da Micareta de Feira, que está programada para ocorrer entre 23 e 26 de abril, durante coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (12), na sede da pasta, no CAB.

"A secretaria considera que há um risco aumentado de contaminação durante a Micareta de Feira. A secretaria não proíbe nada. Cabe as autoridades tomar a decisão. No caso de Feira, o promotor tem o poder de tomar essa decisão judicial ou o prefeito", afirmou Vilas-Boas.

O secretário fez a mesma avaliação para eventos como festas, casamentos e shows, mas podera. "Não há, por enquanto, nenhuma razão no Brasil de sair suspendendo tudo", completou.

Segundo Vilas-Boas, no final de abril é justamente quando começa uma elevação expressiva dos casos de coronavírus. A expectativa é que, no período da Micareta, tenha início um aumento expressivo dos casos.

Ele ainda recomendou medidas de prevenção. "Não apertar a mão, abraçar, o vovô carregar o Neto...Quem puder fazer trabalho à distância, não ir para o ambiente de trabalho. Se possível, não sentar todo mundo junto, mas um pouco afastado", orientou.

Ele também recomendou a distância de 1,5 m entre as pessoas para evitar contaminação. "Se todo mundo fizer isso, os números serão menores", completou.

O secretário já havia sugerido o cancelamento da Micareta, em entrevista à Rádio Metrópole, na quarta-feira (11). Questionado se iria para a folia, ele disse:""Eu não".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar