Brasil

Eduardo Leite acusa João Doria de fraude em prévias do PSDB

Reprodução | Redes Sociais

Ação será apresentada ao partido e remetida ao Ministério Público e ao Tribunal Superior Eleitoral

Publicado em 23/10/2021, às 14h00    Reprodução | Redes Sociais    Redação BNews

Apoiadores do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, acusam João Doria, governador de São Paulo, de fraude nas prévias do PSDB, que vai escolher o candidato do partido à Presidência da República e está marcada para 21 de novembro, com votação presencial em Brasília.  O grupo de Leite aponta adulteração na data de filiação de 51 prefeitos e 49 vice-prefeitos paulistas.

Matérias Relacionadas:
PSD oficializa Rodrigo Pacheco como pré-candidato à Presidência
União Brasil já é procurada ‘por diversos outros líderes’, diz Bruno Reis após saída de Pacheco
Otto Alencar comemora filiação de Pacheco ao PSD, mas diz que mantém apoio a Lula

“Eu quero agradecer a presença do nosso presidente do Senado e, como a gente não tem papas 

Ação assinada por diretórios do Rio Grande do Sul, da Bahia, de Minas Gerais e de Pernambuco contra São Paulo, onde o diretório é comandado pelo governador João Doria, será apresentada ao partido e remetida ao Ministério Público e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A informação é de Caio Junqueira, analista político da CNN Brasil. Já alguns deputados federais do PSDB, que apoiam Leite, prometem fazer “denúncias sérias” envolvendo suposta fraude nas prévias do partido em SP.

Segundo o TSE, o PSDB tem 1.355.766 filiados, mas esses dados estão desatualizados. Pelo formato do colégio eleitoral das prévias, a votação será indireta e com pesos diferentes entre filiados, mandatários e dirigentes. Os 565 prefeitos e 445 vices formam 25% do eleitorado, os 4.297 vereadores e 272 deputados estaduais outros 25%. Governadores (3), vices (5), senadores (7), deputados federais (32) e o presidente nacional do partido, Bruno Araújo representam o terceiro bloco, e os filiados em geral o quatro bloco. Vence o candidato que alcançar maioria absoluta dos votos válidos.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre