Brasil

Colégio se desculpa por pintar crianças de preto em alusão ao Dia da Consciência Negra

Reprodução/Instagram

Publicado em 20/11/2021, às 13h45    Reprodução/Instagram    Redação BNews

O Colégio Adventistas do Gurupi, no Tocantins, emitiu uma nota para se desculpar do evento promovido pela instituição na última sexta-feira (19). Em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado neste sábado (20), a escola pintou crianças brancas de preto e as vestiu com blackpower, penteado afro e símbolo de resistência.

Nas redes sociais, a escola publicou a foto de um dos alunos e explicou na legenda que eles tinham ido naquele dia "caracterizados" para celebrar o dia "tão importante" e fazer uma reflexão sobre as questões raciais.

"Dia 20 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Consciência Negra. E hoje nossos alunos vieram caracterizados para comemorarmos este dia tão importante e para refletirmos o quanto Deus nos tornou irmãos e que perante Ele, somos todos iguais. Me conta aqui nos comentários se você gostou da caracterização dos nossos alunos", diz o post.

A foto gerou repercussão negativa nas redes sociais pelo uso do "blackface".

O 'blackface' é uma prática antiga e consiste em se “fantasiar” de forma caricata de uma pessoa negra. As pessoas eram ridicularizadas para o entretenimento de brancos, que interpretavam o papel de pessoas pretas de forma pejorativa.

Após a enxurrada de críticas, a publicação foi deletada da página.

Movimentos negros do estado também repudiaram a conduta do colégio e emitiram uma nota

Classificação Indicativa: Livre