Cidades

Filiação de Francisco depende do diretório de Candeias, diz Otto

Imagem Filiação de Francisco depende do diretório de Candeias, diz Otto

Presidente estadual disse que Júnior Magalhães precisa aprovar entrada do prefeito na sigla

Publicado em 26/01/2013, às 10h51        Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)

O presidente estadual do PSD, vice-governador Otto Alencar, foi procurado pela redação do Bocão News para comentar a possível filiação do prefeito de Candeias, Sargento Francisco, e esclareceu que há apenas um obstáculo que impede o alcaide de ingressar no partido. Ele afirma que a decisão final é do diretório municipal instituído na cidade, atualmente presidido pelo ex-deputado estadual Júnior Magalhães.
Diferentemente do que as primeiras informações apregoam, não há nenhuma confirmação em relação à entrada de Francisco no partido além do desejo do próprio, que está condicionado a vontades alheias à dele e às do próprio Otto. “Eu disse que, a princípio, não tenho nenhum problema com a vinda dele para o PSD, mas ele precisa da aprovação da comissão provisória, que está sob o comando de Júnior Magalhães”, explicou.
Otto explicou também que a maneira aparentemente distante com a qual trata do assunto não se trata de desinteresse, mas apenas um respeito ao trâmite estatutário do partido. “Não vou fazer nenhuma intervenção (no processo), porque, se eu fizesse isso, ninguém confiaria mais em mim”, refletiu o vice-governador. “Considero Sargento Francisco um homem bom, mas não posso ir de encontro a alguém que me ajudou a construir o partido na Bahia”.

Postada às 12h39 do dia 25 de janeiro

Classificação Indicativa: Livre