Cidades

Sobe para 22 número de mortos em operação policial na Vila Cruzeiro (RJ)

Bnews, Vila Cruzeiro, operação, mortes - Reprodução/TV Globo

Número de mortos durante uma operação policial, nesta terça-feira(24) na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, subiu de 11 para 22, informaram a Secretaria de Saúde e a polícia.

Publicado em 24/05/2022, às 17h02    Bnews, Vila Cruzeiro, operação, mortes - Reprodução/TV Globo    Redação Bnews

Subiu para 22 o número de mortos durante uma operação policial, realizada nesta terça-feira (24), na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro. Após a madrugada de conflito em uma das favelas do Complexo da Penha, na zona norte, a Secretaria de Saúde e a Polícia informaram ter havido ao menos 11 mortes

Leia também:

Vídeo: Quadrilha de mulheres rouba farmácia em Tancredo Neves

Acusado de tatuar rosto de ex-namorada descumpriu duas medidas protetivas

Acusado de matar idosa em apartamento no Itaigara é transferido para presidio

A ação foi iniciada na madrugada desta terça-feira e, segundo a Polícia Miilitar, foi encerrada por volta das 16h40. 

Segundo a PM, entre os 22 mortos:

  • 12 eram suspeitos;
  • e 1 era uma moradora da região – identificada como Gabrielle Fereira da Cunha, de 41 anos, ela levou um tiro e morreu na entrada da Chatuba, que fica ao lado da Vila Cruzeiro.

Entre os feridos, estão:

  • 2 homens considerados suspeitos pela polícia (eles foram baleados e encaminhados ao Hospital Getúlio Vargas, onde passaram por cirurgia);
  • 1 uma mulher que estava lúcida e foi levada na tarde desta terça ao hospital pela Polícia Rodoviária Federal;
  • 1 homem com ferimento na barriga que foi levado inconsciente ao hospital também pela Polícia Rodoviária;
  • e 1 policial civil, identificado como Sérgio Silva Rosário, que foi ferido no rosto por estilhaços de bala enquanto fazia perícia no local - ele passa bem.

O objetivo da ação era prender homens apontados como chefes do Comando Vermelho. Segundo o setor de inteligência da polícia, eles estavam escondido na Vila Cruzeiro. . A polícia afirma que lideranças da facção em outras favelas do Rio — como Jacarezinho, Mangueira, Providência e Salgueiro (São Gonçalo) — e até de estados do Norte e do Nordeste também estão abrigados na Penha.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre