Polícia

Acusado de tatuar rosto de ex-namorada descumpriu duas medidas protetivas

Foto: Divulgação

Vítima possuía duas medidas protetivas contra seu ex-namorado

Publicado em 24/05/2022, às 14h24    Foto: Divulgação    Redação

Um homem, identificado como Gabriel Henrique Alves Coelho, foi preso no último sábado (21) após agredir e manter em cárcere privado sua ex-namorada, Thayane Caldas, além de descumprir duas medidas protetivas que o proibiam de chegar perto de sua ex-companheira. Além de Gabriel, seu pai também é investigado, ele teria dirigido o carro que levou a vítima até a casa onde foi mantida contra sua vontade.

No local onde ficou presa, Thayane foi agredida fisicamente e teve seu rosto tatuado, pelo seu ex-namorado, contra sua vontade. A mulher chegou a afirmar que se sentiu “morta por dentro” quando viu que o nome de seu agressor estava tatuado em seu rosto.

De acordo com informações divulgadas pelos investigadores, a motivação do crime teria sido a não aceitação, por parte de Gabriel, do término do relacionamento. O suspeito apresentou a polícia um vídeo onde Thayane diz permitir a tatuagem, afirmando que ela consentiu, porém as gravações seguem sendo investigadas pela polícia, já que a vítima afirmou ter sido amarrada e ameaçada para fazer o vídeo.

O acusado está preso no Centro de Detenção Provisória de Taubaté, interior de São Paulo, já passou por uma audiência de custódia e segue preso.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre