Coronavírus

Dados mostram que variante Delta avança mais rápido que Gamma no Brasil

Pixabay
Variante Delta tem transmissibilidade 97% maior do que a cepa original do coronavírus  |   Bnews - Divulgação Pixabay

Publicado em 13/08/2021, às 10h18   Redação BNews



A variante Delta da Covid-19 se dissemina mais rápido no Brasil se comparada com a variante Gamma, que apareceu em 11.6% das amostras sequenciadas no país no mês de dezembro, quando foi descoberta. Um mês depois, em janeiro, a mutação já aparecia em 23,6% das amostras, segundo dados da Rede Genômica Fiocruz.

De acordo com a CNN, a Delta apareceu em 2.3% dos casos da Covid-19 em junho, quando foi descoberta. No mês seguinte, a mutação já aparecia em 21.5% das amostras.

Apesar disso, a variante Gamma, apesar da disseminação mais lenta, ainda é a variante que aparece em cerca de 67% das amostras feitas no mês de julho e, por isso, ainda é considerada a mutação mais dominante. 

Um estudo de pesquisadores ligados à Organização Mundial de Saúde (OMS) e ao Imperial College mostrou que a variante Delta tem transmissibilidade 97% maior do que a cepa original do coronavírus. Apesar disso, ainda não foram realizadas pesquisas que indiquem que a Delta também apresenta uma maior taxa de letalidade. 

Leia mais:

Delta plus é mais perigosa que as outras variantes? Saiba mais sobre a nova mutação da Covid-19

Avanço da variante Delta é “altamente preocupante”, informa Opas

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp