Coronavírus

"Até então, não tem tido impacto no sistema de saúde", diz prefeito sobre variante Delta

Dinaldo Silva / BNews

Bruno Reis (DEM) lembrou que cepa circula desde o final de julho, embora só tenha sido confirmada no final de agosto, e relacionou o ritmo do processo de imunização da população à contenção à Delta até o momento. 

Publicado em 21/09/2021, às 11h34    Dinaldo Silva / BNews    Brenda Viana e Marcos Maia

O prefeito Bruno Reis (DEM) avaliou na manhã desta terça-feira (21) que, até o momento, a variante Delta - cepa do novo coronavírus caracterizada por ser mais contagiante - não tem tido impacto no sistema de saúde. 

Contudo, salientou que ainda é importante, aliada a vacinação, continuar usando máscara e evitando aglomerações, além de higienizar constantemente as mãos.

Nesta manhã, Reis assinou ordem de serviço para revitalização da lagoa da Timbalada, no bairro do Cabula, e aproveitou a ocasião para responder às perguntas dos repórteres.

O prefeito lembrou que a variante  circula desde o final de julho, embora só tenha sido confirmada no final de agosto, e relacionou o ritmo do processo de imunização da população à contenção à Delta até o momento. 

"Estamos caminhando para o final de setembro. a vacinação está muito avançada em Salvador. Onde a variante Delta trouxe maiores consequências, foram em países onde uma boa quantidade da população ainda não havia tomado a 1ª dose", avaliou. 

O democrata destacou que ao longo de setembro as Unidades de Pronto Atendimento (UPA's) amanheceram sem pacientes aguardando regulação. 

Reis acrescentou ainda que 96% dos soteropolitanos já tomaram a 1ª dose contra a Covid-19, e, embora muitas não tenham retornado para completar o processo de imunização, o município já alcançou a marca de 55% de segundas doses aplicadas. 

Salientou que os idosos que tomaram a segunda dose até 3 de abril já podem comparecer para tomar a dose de reforço contra a Covid-19 - e que é importante que estes o façam.

"Com isso, cada dia mais estaremos ganhando mais força para enfrentar a Delta. Até então, não tem tido impacto no sistema de saúde. Tanto a prefeitura quanto o governo do Estado vem desmobilizando os leitos e os índices de ocupação só estão caindo", concluiu.

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) divulgou na última segunda-feira (20) que detectou, por meio de sequenciamento genético, mais dez amostras da variante Delta da Covid-19, no Estado. 

Notícias Relacionadas

Bruno Reis assina ordem de serviço para revitalização da lagoa da Timbalada

Aumento do óleo diesel contribui para suspensão do Domingo é Meia, argumenta Bruno Reis

Aulas presenciais nas escolas municipais podem voltar na próxima semana, diz Bruno Reis

Classificação Indicativa: Livre