Coronavírus

Bolsonaro ironiza morte de idoso por covid: “Foi bala perdida?”; assista

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Publicado em 03/11/2021, às 16h36    Marcelo Camargo/Agência Brasil    Redação BNews

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ironizou, nesta quarta-feira (3), a morte de um idoso por covid-19. Em conversa com apoiadores, o mandatário revelou que foi abordado por um homem na Itália que o responsabilizou pela morte do seu avô. 

“Um cara de uns 40 anos de idade chegou para mim, cheio de gente: ‘A história vai te condenar’. Falei: ‘quem sabe, né? Qual motivo? ‘Você matou meu avô’. ‘Pô, cara, não sabia, desculpa aqui, foi bala perdida?’ ‘Não, Covid’. Quer dizer, parece que só no Brasil que morreu gente”, disse Bolsonaro.

O presidente levantou a possibilidade do idoso ter morrido por ser grupo de risco para covid-19. “Se ele tem uns 40 anos de idade, o avô dele devia ter uns 80. É do grupo de risco.”

Nos últimos dias, Bolsonaro cumpriu agenda em Roma, na Itália, para participar de encontro do G20, grupo formado pelas maiores economias do mundo. A participação do presidente brasileiro foi tímida.

Matérias relacionadas

Bolsonaro encontra Salvini, da ultradireita italiana, em memorial de pracinhas da Segunda Guerra

Bolsonaro chora ao ouvir música e lembrar da mãe; assista

Brasil será sede do encontro do G20 em 2024

Classificação Indicativa: Livre