Justiça

Audiência no TRT-BA sela acordo de R$ 1,6 milhão que beneficia 168 vigilantes

Divulgação TRT-BA

Ata de conciliação poderá ser usada pelos trabalhadores para liberação do FGTS e Programa de Seguro-Desemprego

Publicado em 23/11/2018, às 22h55    Divulgação TRT-BA    Redação BNews

Uma audiência no no Centro de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (Cejusc/TRT5-BA) selou um acordo no valor de R$ 1.618.880,37 entre o Sindicato dos Vigilantes, a Vipac Segurança e Vigilância e o Banco do Brasil, na manhã desta sexta-feira (23).

A conciliação vai beneficiar 168 vigilantes com o pagamento de todas as verbas rescisórias, a indenização de 40% do FGTS e a multa do artigo 477, da CLT. Os trabalhos foram dirigidos pela juíza Dorotéia Azevedo, auxiliar da Presidência do TRT5 e coordenadora do Cejusc.

O processo teve início em 2018 e a consecução do acordo demandou algumas reuniões no Centro. A ata de conciliação poderá ser usada pelos trabalhadores para liberação de valores de FGTS e para habilitação no Programa de Seguro-Desemprego.

Classificação Indicativa: Livre