Justiça

Caso dos velejadores brasileiros: tribunal considera ilegal decisão de primeira instância

Reprodução/ Arquivo pessoal

O órgão deve permitir um novo julgamento para os velejadores brasileiros

Publicado em 30/11/2018, às 21h03    Reprodução/ Arquivo pessoal    Redação BNews

O Tribunal da Relação do Barlavento (TRB), de Portugal, caracterizou como "injusto e ilegal" a decisão do juiz da primeira instância que não acatou que a defesa dos velejadores brasileiros presos em Cabo Verde ouvisse testemunhas que vivem fora de Portugal. Acusados de tráfico internacional de drogas, os velejadores Rodrigo Dantas e Daniel Guerra foram presos por transporte de cocaína em um veleiro que pilotavam com destino à Ilha de Açores, em Portugal.

O TRB deve permitir um novo julgamento para os velejadores brasileiros, que acabaram sendo condenados, em primeira instância, a dez anos de prisão. Na semana passada, a juíza desembargadora da segunda instância solicitou à PGR de Cabo Verde o envio do Despacho Fundamentado da Polícia Federal do Brasil para que seja juntado ao processo oficialmente.

Classificação Indicativa: Livre