Cultura

Após ser alvo de pedras e tiro, estátua de Jorge Amado é removida

Imagem Após ser alvo de pedras e tiro, estátua de Jorge Amado é removida

A estátua está com pelo menos seis buracos desde o início do ano

Publicado em 30/01/2013, às 07h00        Redação Bocão News (@bocaonews)


A estátua do escritor Jorge Amado que havia sido depredada no município de Itabuna, Sul baiano, foi removida na tarde de terça-feira (29), por volta das 17h. Segundo nota publicada no Correio, a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) informou que o monumento, que é oco, foi retirado para ser preenchido por cimento e submetido a um banho de metal com bronze para se tornar mais resistente.

De acordo com a FICC, a estátua está com pelo menos seis buracos desde o início do ano, quando algumas pessoas apedrejaram a obra de arte. A estátua foi criada pelo artista plástico Lavrud Durval em homenagem ao centenário do escritor e foi instalada às margens da BR-415 - acesso ao bairro de Farradas, onde Jorge Amado nasceu.

A remoção da obra estava prevista para ser realizada durante este fim de semana, mas foi atrasada devido à necessidade de orçar os materiais que serão empregados em sua restauração.

Foto: Thiago Pereira/FICC

Classificação Indicativa: Livre