Cultura

Sem Carnaval, Baiana System lança documentário visual sobre ausência do festejo; assista

Divulgação / Máquina de Louco

Baiana System conseguiu colocar vários registros da maior festa de rua do mundo no documentário

Publicado em 21/02/2022, às 10h40    Divulgação / Máquina de Louco    Redação

Dois anos sem a maior festa de rua do mundo. Para tentar amenizar a saudade dos foliões, a banda BaianaSystem lançou, nesta segunda-feira (21), o documentário visual “Manifestação: Carnaval do Invisível”. O longa é contado pela perspectiva do próprio invisível e a onipresença da música. 

Através do canal Amazon Music no YouTube, o folião vai poder assistir o filme, que tem duração de 22 minutos, mostrando várias ruas do centro antigo e histórico de Salvador. No documentário, é possível ver depoimentos, imagens de arquivo, além mostrar os Carnavais desde a década de 40 até os dias atuais. Vários fotógrafos também participam do longa com os registros dos últimos 10 anos do Navio Pirata e BaianSystem. 

 “O renascimento que se propõe a partir das Cinzas tem ainda mais força com a necessidade de renovar as esperanças, de acreditar que a ocupação dos espaços é a grande maneira de transformar, e o Carnaval continua sendo uma joia desse experimento humano nas Américas”, afirmam os idealizadores. 

Quatro personagens importantes para o Carnaval foram convidados para incrementar o documentário: a antropóloga baiana Goli Guerreiro, autora dos livros “A Trama dos tambores" e "Terceira Diáspora"; o músico e educador Mestre Jackson, com passagens pelo Olodum, Apaxes do Tororó e Comanches do Pelô; o músico e educador Ubiratan Marques, regente e diretor da Orquestra Afrosinfônica; e Mateus Rocha, cineasta e folião do BaianaSystem.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre