Economia & Mercado

Arraiá BNews: Confira tradições gastronômicas das festas juninas em todo o Brasil para sua celebração

Divulgação / Prefeitura de Santo Antônio de Jesus
Confira características típicas de cada região do país e como elas podem tornar as festas juninas mais especiais  |   Bnews - Divulgação Divulgação / Prefeitura de Santo Antônio de Jesus
Verônica Macedo

por Verônica Macedo

[email protected]

Publicado em 20/06/2024, às 05h30



As tradicionais festas juninas comemoradas em todo o Brasil, em especial, no Nordeste, são repletas de tradições, contando com diversos elementos que já se tornaram símbolo desse período do ano. Em cada Estado do país, as danças típicas, comidas, bebidas, roupas e brincadeiras se configuram com suas próprias particularidades e características, aquecendo o mercado gastronômico.

Confira mais matérias do projeto Arraiá BNews!

Que tal reunir o melhor da gastronomia do Brasil na sua festa de São João deste ano? Confira abaixo os elementos que não podem faltar sua celebração e como você pode apresentá-los e surpreender a todos os seus convidados.

Nordeste – Queijo Reino

Uma das tradições nordestinas é a presença do Queijo Reino nas mesas. Na região, principalmente no São João da Bahia, esse tipo de queijo é considerado um aperitivo muito especial, símbolo da cultura regional.

Isso porque, no início, esse tipo de queijo era uma raridade por aqui, sendo, muitas vezes, oferecido como presente às pessoas queridas, desejando a elas prosperidade, tradição que se perpetua até hoje, principalmente, no Nordeste.

Atualmente, pode ser encontrado nos supermercados em lata ou fracionado, como é o caso do Queijo Reino da Tirolez, maior indústria 100% brasileira de queijos.Durante esse período, a marca disponibiliza em seu portfólio embalagens decoradas de Queijo Reino desenvolvidas pela designer alagoana, Mellina Farias, em celebração às festas nordestinas desta época do ano.

Confira mais matérias do projeto Arraiá BNews!

Mas os consumidores também podem escolher outras marcas, como: Millano, Palmyra, Canastra, Regina, Président, Sérvulo, Cabioré e Senador.

Sudeste – Bebidas quentes

A região Sudeste é conhecida por reunir diversas tradições nordestinas no cardápio, mas a principal diferença se dá pelas bebidas quentes servidas. Junho é caracterizado por ser um mês mais frio, o que torna o consumo do vinho quente e quentão ainda mais inesquecível.

O vinho quente é feito com vinho tinto e especiarias. Há também quem opte por colocar frutas, como maçã. Já o quentão, é feito principalmente com cachaça, limão, açúcar e gengibre, sendo uma opção mais forte do que o vinho quente.

Sul - Pinhão

Além dos tradicionais churrascos e doces campeiros, na região Sul, é muito comum a presença do pinhão nas festas juninas. De sabor marcante, é muito suculento e pode ser consumido de diversas maneiras.

Confira mais matérias do projeto Arraiá BNews!

Diferente do que muitos pensam, o pinhão não deve ser consumido apenas puro. O fruto é muito versátil e pode ser utilizado em receitas doces e salgadas, como farofa, bolos e saladas.

Norte – Bolo de macaxeira

Também conhecido como bolo de mandioca, essa iguaria tem origem indígena e está relacionada com o intenso cultivo das raízes na bacia do Rio Amazonas. Tradicionalmente do Norte do Brasil, a receita nunca falta nas festas juninas da região.

Centro-Oeste – Sopa paraguaia

A sopa paraguaia é uma tradicional receita do Centro-Oeste brasileiro que causa muita confusão entre os turistas. Na verdade, se trata de um bolo de milho salgado, que pode inclusive levar outros ingredientes, como milho, tomate etc.

Confira mais matérias do projeto Arraiá BNews!

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp