Economia & Mercado

Em licitação internacional, Transpetro anuncia contratação de navios com incentivos a estaleiros brasileiros; entenda

Divulgação / Transpetro
Investimento bilionário em dólares estima contratação de 25 navios nos próximos cinco anos  |   Bnews - Divulgação Divulgação / Transpetro
Verônica Macedo

por Verônica Macedo

[email protected]

Publicado em 09/07/2024, às 08h50 - Atualizado às 09h14



A Petrobras Transporte S.A, mais conhecida como Transpetro, é uma empresa brasileira de transporte e logística de combustíveis que atua nas operações de importação e exportação de petróleo e derivados, gás e etanol, anuncio, nessa segunda-feira (8), a contratação, através de licitação internacional, de navios com incentivos a estaleiros brasileiros.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

O investimento bilionário em dólares estima contratação de 25 navios nos próximos cinco anos. A notícia foi publicada em reportagem de o jornal O Globo. “ É o primeiro edital para adquirir embarcações do atual governo Lula. A licitação será internacional, mas com alguns mecanismos para estimular a participação de empresas nacionais, por meio de linhas com juros menores do Fundo da Marinha Mercante (FMM), gerido pelo BNDES”, explicou a matéria.

Segundo a reportagem, companhias que estão passando por recuperação judicial também poderão participar da licitação. Em coletiva à imprensa, o presidente da Transpetro, Sérgio Bacci, informou que a previsão é que os contratos sejam assinados ainda em dezembro de 2024.

“O lançamento do primeiro navio (quando o casco vai para o mar para ser finalizado) será em junho de 2026, meses antes da eleição presidencial. A entrega, no entanto, está prevista para fevereiro de 2027. As demais embarcações serão lançadas a cada seis meses, nos próximos cinco anos”, diz a reportagem.

A previsão do projeto é de 25 unidades, sendo que a capacidade de cada navio irá variar entre 15 mil a 18 mil toneladas.  O investimento total está avaliado entre US$ 2 bilhões e US$ 2,5 bilhões. “Esses navios são essenciais para a estatal e vão reduzir a exposição da Petrobras com os preços de frete internacional”, esclareceu Bacci durante a coletiva.

O edital da licitação ainda prevê uma certa "equalização das ofertas de estaleiros nacionais, levando em conta a isenção do Imposto de Importação", afirmou Fernando Mascarenhas, diretor financeiro da Transpetro".

Clique aqui e se inscreva no canal do BNews no Youtube!

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp