Economia

Lucros das cooperativas no Brasil cresceram 57% em 2021

José Cruz/Agência Brasil

Os resultados foram divulgados nesta sexta-feira (29) no “Anuário Coop 2022”

Publicado em 29/07/2022, às 19h21    José Cruz/Agência Brasil    Redação BNews

As receitas das cooperativas do Brasil totalizaram R$ 524,8 bilhões em 2021, 25% mais que em 2020. Já os lucros aumentaram 57% na comparação, para R$ 36,1 bilhões. Os resultados foram divulgados nesta sexta-feira (29), pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) no “Anuário Coop 2022”.

Segundo as informações, o setor agropecuário puxou os avanços, embalado por aumentos de produção e dos preços dos produtos vendidos. Os ingressos atingiram R$ 239,3 bilhões em 2021, 30,6% mais que em 2020, e as sobras aumentaram 74,5%, para R$ 9,6 bilhões.

De acordo com o anuário, o número total de cooperativas em atuação em todo o Brasil cresceu de 4.868, em 2020, para 4.880 em 2021 - 1.170 das quais agropecuárias —, e os ativos totais desses grupos alcançaram R$ 655,5 bilhões, com crescimento de 32,6%.

Ainda segundo as informações do anuário, o número total de cooperados chegou a 18,9 milhões no ano passado, 1,8 milhão a mais que em 2020, e o ramo agropecuário respondeu por pouco mais de 1 milhão.

No agro, as cooperativas são divididas em sete segmentos: insumos e bens de fornecimento, escolas técnicas de produção rural, produtos industrializados de origem animal, produtos industrializados de origem vegetal, produtos não industrializados de origem animal, produtos não industrializados de origem vegetal, e serviços.

Tributos e salários

O Anuário Coop 2022 ressalta ainda que as cooperativas do país injetaram mais de R$ 17 bilhões em tributos nos cofres públicos em 2021 no total, e foram responsáveis por mais de R$ 18 bilhões referentes a pagamentos de salários e benefícios a colaboradores.

Já o número total de empregados saltou de 455,1 mil, em 2020, para 493,3 mil no ano passado. Ainda com relação ao setor agropecuário, a OCB realça que, em 2021, 38% delas fizeram negócios com cooperativas de crédito, 11% adquiriram produtos de cooperativas de trabalho, 13% utilizaram serviços de cooperativas de transporte e 20% usaram planos de saúde de cooperativas desse setor.

Classificação Indicativa: Livre