Economia

Saiba quem é Adriano Pires, o indicado de Bolsonaro para comandar a Petrobras

Moacyr Lopes Junior/Folhapress

Antigo conhecido do mercado, Pires ainda precisa ter o nome aprovado pelos acionistas da estatal

Publicado em 28/03/2022, às 20h40    Moacyr Lopes Junior/Folhapress    Redação BNews

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir a Petrobras, o economista Adriano Pires é um velho conhecido do mercado de energia e combustíveis do Brasil com 40 anos de atuação.

Antes de chegar à presidência, Pires precisa ser aprovado na assembleia-geral dos acionistas da estatal, prevista para 13 de abril. Ele deverá ser o terceiro presidente da Petrobras na gestão Bolsonaro, sucedendo o general Joaquim Silva e Luna, que foi sucessor de Roberto Castello Branco.

Adriano Pires é formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e tem doutorado em economia industrial pela Universidade de Paris XIII. Hoje é sócio-diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) e faz parte do time de analistas do Instituto Millenium, formado por especialistas que se identificam com os ideais do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Leia também:

Em 2018 colaborou como especialista no governo de transição e chegou a ter o nome cotado para assumir a Petrobras e o Ministério de Minas e Energia, mas ambos rumores não se confirmaram.

Em função do perfil liberal, o governo avalia que Pires não enfrentará resistência dos investidores e do mercado financeiro.

Veja mais:

A última passagem oficial de Adriano Pires no governo foi em 2001 como assessor do diretor-geral da ANP (Agência Nacional de Petróleo), superintendente de Importação e Exportação de Petróleo e, posteriormente, superintendente de Abastecimento.

O economista também tem no currículo a experiência de ter sido consultor do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Siga o BNews  no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre