Educação

Profissionais da Pierre Bourdieu cobram salários atrasados

Imagem Profissionais da Pierre Bourdieu cobram salários atrasados

Sindicato e vereador Gilmar Santiago se reuniram nesta quinta (10), com secretário

Publicado em 10/01/2013, às 12h24        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Uma comissão formada por funcionários vinculados à ONG Pierre Bourdieu se encontraram com o secretário de educação do município, João Carlos Bacelar, na manhã desta quinta-feira (10).

Os representantes eram do Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais Recreativas de Assistência Social de Orientação e Formação Profissional do Estado da Bahia (Senalba), além do vereador Gilmar Santiago, lider da oposição. O grupo discutiu a questão no atraso dos pagamentos de salários atrados.

Durante o encontro, que também teve a presença do diretor presidente da ong, Denis Gama, o secretário anunciou que aguarda uma reunião com o Ministério Público do Estado (MP) para que seja solucionado o problema o mais rápido possível, já que recurso está em caixa.

“Essa situação toda é muito constrangedora. Sabemos que podemos ter funcionários passando fome, como nome negativado, mas nem a secretaria, nem a ong, foram culpadas por este problema. O que causou todo esse transtorno foi a mudança de entendimento na forma de pagamento dos terceirizados, questões puramente técnicas, já que o convênio existe desde 2003”, lamentou Bacelar.

O secretário disse ainda que aguarda uma posição da Controladoria Geral do Município (CGM) e a abertura do sitema orçamentário da prefeitura e pediu mais um voto de confiança aos trabalhadores e sindicalistas. No encontro ficou definido que na próxima semana, após a reunião com o MP, o secretário se reunirá novamente com os representantes para divulgar a data e forma de pagamento dos salários em atraso. 

Classificação Indicativa: Livre