Eleições / Eleições 2022

Sturaro diz o que precisa mudar na segurança pública da Bahia

BNews

Sturaro fez análise da segurança pública da Bahia, em entrevista durante convenção do PL em Salvador

Publicado em 22/07/2022, às 12h08    BNews    Henrique Brinco e Thiago Conceição

O ex-comandante da Polícia Militar da Bahia e coronel da reserva, Humberto Sturaro, afirmou ao BNews que as políticas de segurança pública de João Roma (PL), caso seja eleito governador, serão voltadas para uma ‘continuidade’ de estratégias adotadas durante a gestão petista no estado. As declarações foram dadas em convenção do PL na manhã desta sexta-feira (22), em Salvador.

Ao ser questionado sobre qual seria o erro cometido pelo Partido dos Trabalhadores (PT) na questão da segurança pública na Bahia, Sturaro reconheceu que durante 16 anos fez parte da gestão. No entanto, afirmou que falta maior participação da comunidade para o avanço das estratégias aplicadas.

“Fiz parte dessa gestão por 16 anos, contribui. Nós somos profissionais, contribuímos para a melhoria da segurança para o povo. O que vejo é que a gente precisa que a comunidade tenha mais voz. É preciso que os agentes que fazem a segurança pública possam sentar numa mesa e discutir estratégias. Não pode ser só eu, como profissional, que vou gerir a segurança pública. Mas as pessoas que são afetadas pelo meu trabalho precisam ser ouvidas também”, disse Sturaro.

O ex-comandante da Polícia Militar ainda afirmou que o governo petista investiu, fez “coisas boas” na área da segurança, mas alega que falta avançar para que seja possível uma ‘continuidade’ e evolução. “A gente vai dar continuidade aquilo que for bom e corrigir aquilo que precisa ser melhorado”, acrescentou.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre