Entretenimento

Vídeo: cantor revela que sofreu crises de pânico por ser chamado de gay

Segundo ele, o trauma foi superado após longas horas de terapia

Publicado em 01/06/2017, às 11h26    Reprodução    Redação BNews

O cineasta Fernando Grostein entrevistou em seu canal do Youtube, o cantor Júnior Lima, que por muitos anos fez dupla com a irmã Sandy. No vídeo, divulgado na última terça-feira (30), ele fala sobre sexualidade, bullying, preconceito e dos boatos dele ser gay, o que precisou de tratamento para superar. 
“Tenho um monte de amigo que é gay e nunca tive problema. Mas quando me chamavam de gay, no fundo eu me incomodava. Eu fingia que não, mas ficava sim. Mas, chega uma hora que você se conhece melhor, vê que não precisa provar nada para ninguém”, contou.
Durante a entrevista, Júnior revelou que precisou se tratar para superar o bullying sofrido na época. "Vivemos numa sociedade machista onde o premiado é aquele que pega mulher. Entender que não tinha que provar nada me fortaleceu. Sou muito bem resolvido mas tudo tem seu preço. Foram longas horas de terapia e crises do pânico". 
Atualmente, Júnior é casado com Mônica Benini e pai do pequeno. Questionado sobre o que ele fará se seu filho for gay ele disse: “Eu vou só amar o que ele quiser ser. Vou dar o suporte para ele se tornar o melhor ser humano”. 

Classificação Indicativa: Livre