Entretenimento

Coletivo de Entidades Negras decreta luto após morte de Alaíde do Feijão

Reprodução / Redes Sociais
O cantor e compositor baiano Calinhos Brown também se manifestou sobre a perda.  |   Bnews - Divulgação Reprodução / Redes Sociais

Publicado em 31/01/2022, às 19h04   Redação Bnews



O Coletivo de Entidades Negras (CEN) decretou luto interno após a confirmação da morte de Alaíde do Feijão, que morreu nesta segunda-feira (31), em Salvador. Alaíde tinha 71 anos e morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória provocada pela Covid-19. Na nota, a cozinheira é descrita como "uma mulher de grande força, representatividade, e legítima matriarca, como tantas mulheres negras chefes de família da Bahia e do Brasil". A trajetória de Alaíde também é lembrada no texto."começou a vender feijão ainda jovem, em tabuleiro na frente do Elevador Lacerda, até se mudar para um imóvel no Pelourinho, localidade onde permaneceu até os últimos dias.

O CEN também pontuou sua importância na organização política. "Foi no seu estabelecimento, conhecido pela feijoada e outros quitutes, que nasceram acordos políticos históricos e surgiram movimentos novos de luta por direitos. Foi lá, no endereço mais recente, o da Rua da Laranjeiras, que surgiu, por exemplo, o movimento Eu Quero Ela, que incentivou o maior número de candidaturas negras da história à Prefeitura de Salvador. Alaíde do Feijão deixa um vazio político e cultural impossível de preencher. O sentimento geral é de consternação, devastação. Perdemos uma grande mente conciliadora".

O cantor e compositor baiano Calinhos Brown também se manifestou sobre a perda. "Todas as honrarias àquela que alimenta os seus filhos, que alimenta a cultura. A matriarca Alaide é essa referência de alguém que sempre recebeu com seu sorriso e o seu feijão peculiares. É benção do Ilê Aiyê, do Olodum, da Timbalada, do Cortejo, de todos nós. Os seus sabores estarão sempre gravados no inconfundível panteão da culinária baiana, pois é mestra. Nós agradecemos a essa mãe luminosa. Que siga em paz", disse.

Leia mais:

Presidiários fazem “casinhas pets” para animais em situação de vulnerabilidade

João de Deus é condenado a mais quatro anos de prisão por crimes sexuais

Gabi Martins perde bebê que esperava de Tierry; saiba detalhes

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão. 

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp